Tesouro nacional

Confira as nossas máquinas, com os jogos classicos não ligados ao RPG Pokémon. Aqui você encontra outros viciados em jogos para você trocar dicas.

Tesouro nacional

Mensagempor celebi123 » 15 Fevereiro, 2010 15:26

oi galera achei isso no site da game tv, falando de uma pessoa japonessa que é otima no jogo street_fighter_iv, creditos: http://gametv.com.br/geral/street_fight ... 19965.html
Se existe uma coisa que os japoneses sabem valorizar, são seus tesouros nacionais. Espadas, mestres ninjas (existem, sim!), castelos e toda uma cultura de exportação via mangás e animes, tudo isso o governo japonês sabe que é importante e, por isso, valoriza. Só uma coisa eles não fazem (ainda) tão bem como os americanos (ou coreanos): idealizar e profissionalizar alguns dos maiores jogadores de videogame do mundo. Mas isso está para mudar com a ascenção de um novo Deus dos jogos de luta: Daigo "The Beast" Umehara.

E sabem do pior? O cara virou astro por acidente. Venceu um torneio no seu país de origem e foi convidado para desafiar o vencedor americano, patrocinado pela Capcom - a carreira de jogador profissional de videogames é algo bastante comum entre os norte-americanos -, em território inimigo e, pasmem, ele venceu. Essa sua primeira vitória, contra o campeão americano Alex Valle foi o início do reconhecimento mundial.

Em uma época que até nós brasileiros vibrávamos com campeonatos nacionais (Sukita Adventure, lembram?), os americanos forjavam verdadeiros ídolos internacionais - tá, não tanto porque o Youtube ainda não existia). A idéia de ser piloto de testes de uma empresa como a Capcom foi exportada para o Brasil através das representações oficiais dessas empresas no país e muita gente espelhava-se em seus ídolos americanos para se dar bem nos fliperamas brasileiros. Só que quem se deu melhor foi um estrangeiro, que entrou como desafiante, encarou o melhor da América e levou a glória para os japoneses.

Daigo é um daquels adolescentes japoneses típicos que vemos em séries de anime. Sem grandes pretensões, ia para escola regularmente e não se envolvia em muitas atividades extra-curriculares para dedicar-se a dominar hadoukens e shouryukens nas casas de fliperama. No Japão, essas casas são bastante comuns e reúnem jovens de todas as idades, sem aquele estigma do Ocidente em geral, que diversas vezes confunde o lugar com terrítório de violência e tráfico de drogas.

Os boatos sugerem que sua lenda começou em meados de 1994, com 256 vitórias seguidas em um Darkstalkers ali do seu bairro. E ele não perdeu. Acontece que a gamehouse ia encerrar o expediente e ele foi obrigado a abandonar sua ficha. Essa e outras atitudes fizeram dele uma personalidade bastante conhecida nas ruas de Tokyo, forçando-o a encarar seu primeiro grande desafio, a Gamest Cup de 1995, torneio japonês idealizado por uma editora que não mais está entre nós. E a surpresa maior é que ele não conseguiu se qualificar na primeira tentativa.

Dois anos depois ele tentou mais uma vez, só que agora, exorcizou todos os seus demônios, tornando-se o novo campeão de Darkstalkers - Vampire Savior e uma celebridade no Japão. Em uma entrevista à Eurogamer, Daigo diz que preferiria ser o desafiante ao desafiado. "Eu prefiro desafiar do que defender apenas um título. Anseio pelo dia em que alguém excepcionalmente bom apareça na minha frente. Este vai ser o dia que jogar voltará a ser divertido para mim", explica ao site europeu. http://www.youtube.com/watch?v=94sm-ByW ... edded&hd=1

Apesar de declarações como "Mesmo não tendo a menor idéia de qual o nível de habilidade dos americanos, eu já sabia que os jogadores japoneses seriam superiores", ou "Pessoas que usam controles como aqueles, sem finesse alguma, não conseguiriam nunca me vencer", em relação aos arcades ocidentais, Umehara é uma pessoa que não se deixa levar por sua fama. Ele pode parecer super antipático e metido, ainda mais depois de afirmações como essas, mas quem já viu o campeão em vídeos pelo Youtube, sequer liga a imagem à essas declarações.

Ele carrega consigo aquele típico comportamento japonês, sorumbático e insensível às comemorações à sua volta. Ele nunca comemora uma vitória, mesmo que de virada ou fim de campeonato. Está sempre sério, respeita seu oponente - diferente de Justin Wong, que ao vencer um dos rounds contra o Daigo, saiu comemorando com a galera e gritando e fingindo ser residente do Bronx - e nunca joga na cara uma vitória, por mais linda que seja. E seu currículo conta com algumas das melhores lutas de Street Fighter já registradas. http://www.youtube.com/watch?v=YnEWSO6N ... edded&hd=1

Ao derrotar Alex Valle no campeonato de Street Fighter Zero 3, em 1998, nos Estados Unidos, Daigo começou a tirar o sono de seus colegas yankees. Mas foi só em 2004 que ele realmente tornou-se o que é hoje, um mito entre os jogadores. Numa luta já perdida entre Chun-li (Justin) e Ken (Daigo), o impossível acontece. A virada impressionante, misturando a complexidade da técnica de parry do SFIII, mais um combo devastador, acabou com a moral do oponente. E nem era a última luta da disputa. Esse vídeo foi distribuído em tamanha exaustão que é quase impossível que você ainda não tenha visto.

Hoje, Daigo Umehara ainda é conhecido como o campeão mundial de Street Fighter - mesmo sendo uma disputa apenas entre EUA e Japão -, afinal, defendeu seu título em 2009 no último torneio americano de Street Fighter IV. Já nas competições em sua terra natal, a última vez que Daigo venceu um Super Battle Opera foi em 2005, com o péssimo Capcom Fighting Jam. Prova máxima de que o nível dos jogadores japoneses ainda está muito acima do resto do mundo.

Ainda sim, o cara é tão fera que ganhou até um site homenagem. É um site produzido por um fã do jogador, que tentou juntar toda a mídia encontrada na web relacionada à disputas do Daigo pelo mundo em um só lugar. Vale a pena dar uma conferida, mesmo ele estando todo em japonês. http://beastdaigo.jp/
Imagem
Click here to feed me a Rare Candy!
Get your own at Pokeplushies!
---------------------------------------------------------------------------------------
Pokemon 13: o governante da ilusao Zoroark

Imagem
Avatar do usuário
celebi123
Senior Member
 
Mensagens: 140
Registrado em: 6 Abril, 2006 18:13
Localização: rua da moca

Re: Tesouro nacional

Mensagempor General Error » 28 Fevereiro, 2010 15:40

Imagem
Imagem
General Error
Observe. Entendeu?
 
Mensagens: 181
Registrado em: 19 Outubro, 2003 22:48

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Poisony » 1 Março, 2010 10:57

oi galera achei isso no site da game tv, falando de uma pessoa japonessa que é otima no jogo street_fighter_iv


Chamar o Daigo de "pessoa japonesa que é ótima no jogo street fighter IV" é como chamar o Chuck Norris de "ator americano que é ótimo em filmes de ação". O cara é _O_ foda em jogos de luta PONTO.

Also, celebi, não é hora de parar de colar notícias de outros lugares; ou pelo menos saber opinar melhor sobre elas, que tal?
Imagem
Avatar do usuário
Poisony
Ouçam a banda Liars.
 
Mensagens: 550
Registrado em: 28 Maio, 2001 05:00

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Bruno DK » 1 Março, 2010 11:43

Nossa, ele descobriu hj q o Daigo é foda?

pqp, você está trocentos anos atrasado...
Avatar do usuário
Bruno DK
.
 
Mensagens: 5661
Registrado em: 18 Novembro, 2004 18:04
Localização: Méier, RJ, Brasil, il, il!

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Italian Guy » 1 Março, 2010 11:55

É como chamar "Os Bons Companheiros" de um ótimo filme de gangster.

Ok, eu também não conhecia o tal do gajo. Mas o conceito de "jogador profissional de video-game" me chamou muito a atenção.
Avatar do usuário
Italian Guy
Senior Member
 
Mensagens: 1177
Registrado em: 25 Janeiro, 2007 00:20
Localização: Manaus-AM

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Bruno DK » 1 Março, 2010 12:03

Senhor Cara Italiano escreveu:É como chamar "Os Bons Companheiros" de um ótimo filme de gangster.

Ok, eu também não conhecia o tal do gajo. Mas o conceito de "jogador profissional de video-game" me chamou muito a atenção.


Italiano, o porquê do povo adorar o Daigo.

Ele está jogando de Ken nessa partida...
Avatar do usuário
Bruno DK
.
 
Mensagens: 5661
Registrado em: 18 Novembro, 2004 18:04
Localização: Méier, RJ, Brasil, il, il!

Re: Tesouro nacional

Mensagempor raito » 2 Março, 2010 13:37

Qualquer um pode ser um Daigo, basta dedicar-se ou desperdiçar 9 horas por dia desde seus 13 anos em um único jogo... de luta. -.-'
Internet, it doesn't make you stupid. It just makes your stupidity more accessible to others.
Avatar do usuário
raito
Junior Member
 
Mensagens: 21
Registrado em: 9 Dezembro, 2009 13:16
Localização: Belo Horizonte

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Maverick Hunter » 2 Março, 2010 22:05

cara, eu jogo desde o atari com meus 6 anos de idade e não chego nem perto de jogar o q ele joga. e nunca chegarei.
Falou o Hunter (A.K.A. Pokexpert, ou Zero_Hunter)
Avatar do usuário
Maverick Hunter
Moderador
 
Mensagens: 3484
Registrado em: 20 Outubro, 2001 18:09
Localização: Rio de Janeiro-RJ

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Spark_Kirby » 13 Março, 2010 16:03

Sou fanzasso do Daigo, olhem minha página no youtoba, tem outras façanhas dele por lá

Also, ele é campeão em outros jogos também: http://en.wikipedia.org/wiki/Daigo_Umehara
Imagem



Imagem
Avatar do usuário
Spark_Kirby
Quoted quote
 
Mensagens: 714
Registrado em: 7 Junho, 2003 01:31

Super Battle Opera

Mensagempor eduardognn » 18 Março, 2010 20:20

Lembra daquele filme "O Gênio do Videogame" (The Wizard, 1989), que contava história de um garoto que viaja de ponta a ponta os EUA para participar de um campeonato de videogames? E que esse campeonato era televisionado, cheio de pompa, com finais realizadas em cima de um palco e multidões torcendo por um único vencedor? "Não se trata apenas de um campeonato, mas da chance de uma vida inteira", era o que dizia atrás da caixa do filme.
Difícil acreditar que isso exista na vida real, não é mesmo? Quase isso. No Japão, existe um campeonato, um único evento, que reúne mais de 20 mil participantes (contando todas as suas etapas) e que coloca a nata dos jogadores para se enfrentarem em partidas únicas e euforicamente narradas por um japonês maluco que se empolga com qualquer coisa. Estou falando do Super Battle Opera, ou para os mais íntimos, o Tougeki.

"Só podia ser o Japão!", pensa um dos leitores. Mas é claro que só podia ser ele! O único país que ainda insiste em lançar e comercializar (de forma honesta, sem os exageros fiscais dos outros países) as máquinas de arcade, os fliperamas, os "tekings" da vida. As Game Houses existem aos montes (menos que há 10 anos, claro) e estão abertas 24h por dia (algumas, claro) e atraem multidões aos seus estabelecimentos. E algumas dessas casas são o principal braço do Tougeki. Explico a seguir.

As casas de fliperamas abrem suas portas pelo Japão sediando as seletivas para a grande final do Super Battle Opera, realizado nos meses de agosto/setembro. Aí é um festival de neguinho querendo participar e tentar entrar para o Hall da Fama do You Tube, com seu nick impronunciável ali, estampado em neon e suas mais de 100 mil visitações. Difícil vai ser ganhar de um Daigo ou Momochi da vida, mas aí, é só não dar o azar de encontrá-los antes da grande final.
O mais interessante, é que gente do mundo inteiro (leia-se pessoas que podem gastar mais de 3 mil dólares para ir até o Japão e voltar) disputam essa peneira. É uma disputa tão acirrada quanto passar na seletiva do Dente de Leite do São Paulo ou do Corinthians. A maioria dos estrangeiros composta por americanos e londrinos, obviamente. E nenhum deles ainda conseguiu uma classificação satisfatória no campeonato.

Passada as seletivas - e a rivalidade básica entre Osaka e Tokyo (algo meio SP e RJ) - é hora de se preparar para a grande final, que é um espetáculo à parte. A começar pelo local, uma casa de shows toda recortada e desnivelada, com arquibancadas, áreas vips, cadeiras confortáveis e um grande palco ao centro, às vezes na forma de um "T", com gelo seco para a entrada dos competidores e tochas circundando o trajeto até as máquinas de fliperama no centro do palco.

Daí em diante, é puro espetáculo. Mais legal que comprar numerada para ver amistoso da seleção e tudo mais. Os jogadores esbanjam uma habilidade fora do comum. Sabe aquele combo de 80% de dano com frame hit preciso? Foram eles que descobriram. Os marketeiros das empresas de outrora, poderiam vender seus velhos jogos como fossem novos com a ajuda desses jogadores de alto calibre. E como são vários jogos realizados ao mesmo tempo, é preciso saber exatamente qual deles você quer assistir e quais jogadores você deseja torcer.

Talvez o maior problema do Tougeki seja o seu caráter cruel de eliminatória simples. Não há segunda chance, como o EVO dos Estados Unidos, por exemplo. Isso desistimula um pouco os jogadores, mas não o suficiente para que os mesmos abandonem as partidas. É algo que os organizadores deveriam pensar um pouco a respeito. Mas do ponto de vista do espetáculo, o sistema de eliminatória simples não deixa o torneio massante, fazendo com que a tensão permanece até sua última disputa.

O Super Battle Opera é mais que um campeonato, é uma experiência única para o jogador e também para o espectador.
http://www.youtube.com/watch?v=O-5s3zpg ... r_embedded
http://www.youtube.com/watch?v=1Gqyfnuh ... r_embedded
Avatar do usuário
eduardognn
Member
 
Mensagens: 50
Registrado em: 6 Março, 2010 22:52
Localização: Brasil

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Moon_xP » 19 Março, 2010 08:09

raito escreveu:Qualquer um pode ser um Daigo, basta dedicar-se ou desperdiçar 9 horas por dia desde seus 13 anos em um único jogo... de luta. -.-'


Cara, jogos de luta são complicadissíssimos, comparáveis a jogos como Pokémon, etc... só que de forma dinâmica e me desculpe, mas tem muito mais gente que joga os jogos o dia inteiro e não têm jeito, eles não chegam no nível, nem perto.

O Daigo nasceu com um negócio, não tem jeito... ele tem um reflexo e tem saídas absurdas, tem um campeonato de Street II: Super Turbo que ele dá uma virada absurda na fucking final contra o Afro Legends.

Mas ele não joga perfeitamente não, por exemplo, procurem sobre Justin Wong, o estilo de jogo do cara é até chato, não faz nada muito bonito, mas tem um controle de espaço perfeito e não comete erros. O Daigo ele comete bastante erros até, mas tem uma execução perfeita e arrisca demais, mas ver ele jogando é lindo.

Ah, se alguém aqui gosta de jogos de luta, procurem Trailers da Evo, eles ownam demais... vejam o trailer de 2008, "My better is better than your better", hehehe.
Pokémon is a serious fuckin' business! =)

Imagem

Imagem
Avatar do usuário
Moon_xP
Senior Member
 
Mensagens: 567
Registrado em: 7 Junho, 2006 16:37
Localização: São Paulo/SP - Zona Leste

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Bruno DK » 19 Março, 2010 10:29

Eu não gosto do Justin pq ele justamente se vale demais de voadora+rasteira, sendo um jogador profissional. Eu até uso isso tbm, mas tbm combo com shoryukens e super combo finishs, principalmente no Street Fighter, onde eu quase sempre jogo de Ken, Sagat e Gen. Odeio mimimi de jogar só de Hadouken.
Avatar do usuário
Bruno DK
.
 
Mensagens: 5661
Registrado em: 18 Novembro, 2004 18:04
Localização: Méier, RJ, Brasil, il, il!

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Maverick Hunter » 3 Julho, 2011 20:55

volte do inferno!!!


"Street Fighter III" para PS3 e X360 ensina jogador a recriar momento famoso de campeonato
do Gamehall

Campeonatos de "Street Fighter" vão e vem, mas muitos tem apenas um deles na memória: o de 2004, quando numa luta em "Street Fighter III: 3rd Strike" um jogador conseguiu virar uma partida dada como perdida. O responsável pelo feito foi Daigo Umehara, e em "Street Fighter III: 3rd Strike Online Edition" será possível recriar esse momento.

Na nova versão do jogo, uma das opções do modo de treinamento é imitar os movimentos feitos por Umehara, que, na ocasião, estava controlando Ken. Sendo assim, o desafio será bloquear todos os golpes do movimento especial de Chun-Li como "parry", defender um chute no ar e acertar a seguinte sequência: voadora, rasteira média, gancho e especial.

Realizar o movimento não será uma tarefa fácil, mas se o jogador conseguir essa proeza será premiado com uma conquista na versão para Xbox 360 e um troféu no PlayStation 3.

Revivendo o clássico

De acordo com a Capcom, o novo game permitirá que espectadores acompanhem as partidas enquanto esperam a sua vez, além de contar com quadro de pontuação online, possibilidade de fazer o upload de vídeos dos confrontos no YouTube e outras funções.

"Street Fighter III: 3rd Strike Online Edition" será lançado digitalmente no final do ano.
Falou o Hunter (A.K.A. Pokexpert, ou Zero_Hunter)
Avatar do usuário
Maverick Hunter
Moderador
 
Mensagens: 3484
Registrado em: 20 Outubro, 2001 18:09
Localização: Rio de Janeiro-RJ

Re: Tesouro nacional

Mensagempor Poisony » 4 Julho, 2011 19:48

Maverick Hunter escreveu:volte do inferno!!!


"Street Fighter III" para PS3 e X360 ensina jogador a recriar momento famoso de campeonato
do Gamehall

Campeonatos de "Street Fighter" vão e vem, mas muitos tem apenas um deles na memória: o de 2004, quando numa luta em "Street Fighter III: 3rd Strike" um jogador conseguiu virar uma partida dada como perdida. O responsável pelo feito foi Daigo Umehara, e em "Street Fighter III: 3rd Strike Online Edition" será possível recriar esse momento.

Na nova versão do jogo, uma das opções do modo de treinamento é imitar os movimentos feitos por Umehara, que, na ocasião, estava controlando Ken. Sendo assim, o desafio será bloquear todos os golpes do movimento especial de Chun-Li como "parry", defender um chute no ar e acertar a seguinte sequência: voadora, rasteira média, gancho e especial.

Realizar o movimento não será uma tarefa fácil, mas se o jogador conseguir essa proeza será premiado com uma conquista na versão para Xbox 360 e um troféu no PlayStation 3.

Revivendo o clássico

De acordo com a Capcom, o novo game permitirá que espectadores acompanhem as partidas enquanto esperam a sua vez, além de contar com quadro de pontuação online, possibilidade de fazer o upload de vídeos dos confrontos no YouTube e outras funções.

"Street Fighter III: 3rd Strike Online Edition" será lançado digitalmente no final do ano.


Boa publicidade pro remake e, de quebra, uma adição legal pro jogo. Vai ser maneiro ver neguinho tentando dar parry na Chun-Li boladona só pra conseguir um achievement Daigo Umehara Wannabe. =D
Imagem
Avatar do usuário
Poisony
Ouçam a banda Liars.
 
Mensagens: 550
Registrado em: 28 Maio, 2001 05:00


Voltar para Fliperama

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

cron